AUTOESTIMA

Considero ser a autoestima a base de tudo, por isso que foi o primeiro tema tratado no “Caminho do Encontro”.

Autoestima é a valorização, positiva ou negativa, que a pessoa faz de si mesma, em função de seus pensamentos, sentimentos e experiências de vida.
Conhecer-se é fundamental. Olhar para si mesma com auto-compaixão, a partir do amor e compreensão de quem somos. A auto-crítica desmedida não constrói.
Temos que valorizar as verdades que encontramos e decidir investir nesse achado.
É muito importante estar atenta às nossas próprias armadilhas: insegurança, perfeccionismo, dúvidas, falta de confiança em nossa própria capacidade, medo de errar e a busca pelo reconhecimento e aprovação do outro, para poder sair de nossa zona de conforto e focar na ação.
Separar o importante do urgente e fazer um plano de ação para nossos objetivos.
Muitas vezes as pequenas metas nos ajudam a construir nossa grande meta.
Não temos que nos comparar umas às outras mas, a cada dia, trabalhar para ser a melhor opção de nós mesmas, dentro de nosso tempo e possibilidades.

Para continuar pensando…

Filmes sugeridos:
– Frida
– As Horas
– Bagdad Café
– Tomates Verdes e Fritos

Mulheres à beira de um ataque de nervos

Livros sugeridos:
– Dias de Abandono (Elena Ferrante)
– A Amiga Genial (Elene Ferrante)
– Lola Vive (Marcela Vasquez)