CONECTADAS X DESCONECTADAS

Esse foi o tema de nosso último encontro do primeiro semestre de 2018. Estar online é o mesmo que estar conectada? Temos que procurar filtros, espaços e momentos que nos permitirão desconectar com o que está fora para poder nos conectar com o que está dentro. Assim como o corpo tem um sistema autoimune, a mente também precisa de um sistema para se proteger de tanto estímulo e informação, para poder filtrar, respirar, processar e se renovar. Conectarmos com o que realmente é importante nos permitirá eleger o nosso objetivo de ser mulher, mãe e profissional de acordo com as nossas próprias escolhas. Procurar o silêncio. O nosso tempo de autoconstrução. Como fazer isso na prática? Algumas perguntas importantes: Que vida online eu desejo pra mim? O que eu priorizo no tempo que tenho? Qual a qualidade de vínculos que eu quero cultivar?

Para continuar pensando…

Filme: Medianeras

Livros:
Por que fazemos o que fazemos?
História de quem foge e de quem fica