Relações Afetivas

Relações Afetivas

Somos seres de relações. Desde bebês necessitamos de outros para aprender, para cuidar e até para nos enxergar.

Relacionamentos são a base para nosso desenvolvimento e adaptação no mundo. Eles têm que ser cuidados porque são a partir deles que podemos construir uma trajetória saudável para nossa vida.

Nossas conexões afetivas vão mudando ao longo da vida e, muitas vezes, não conseguimos acompanhar essas transições.

Tudo muda porque nós somos seres em constante transformação, mas o importante é saber que essas mudanças não são ao léu e podem, sim, ser conscientes com o propósito de construir uma vida com mais realizações e qualidades de afetos, com estruturas não tóxicas.

A maturidade traz liberdade de escolher com quem queremos seguir vinculados e com quem já fechamos um ciclo.

Sentimos menos culpa por escolher as pessoas que nos fazem bem.

Temos outras necessidades afetivas e começamos a respeitá-las.

Temos mais tempo para escolher com quem queremos seguir e como.

Família, amigos, amores, relações profissionais entram nesse pilar para descobrirmos que é possível ter relações afetivas cada vez mais saudáveis, vinculadas com quem somos hoje.

Esse pilar é uma importante descoberta de como podemos viver de maneira mais leve, mais alegre, com mais prazer, conectadas, de acordo com nosso momento.

DESTAQUES

"A energia flui para onde for a atenção."

"A energia flui para onde for a atenção."

PUBLICIDADE

LIVES

VÍNCULOS AFETIVOS

FAMÍLIA

ENTRETENIMENTO

RELACIONAMENTOS

HISTÓRIAS DE VIDA

CONEXÃO

EVENTOS AGENDADOS

PODCASTS

PUBLICAÇÕES

NEWSLETTER

Inscreva-se para receber as novidades do Caminho!

    Pular para o conteúdo