Category Finanças pessoais

Comece colocando em uma planilha, ou mesmo em sua agenda, tudo o que você gasta. Tudo! Até o pãozinho da padaria. Ao final de um mês, você irá perceber a realidade de seus gastos. A partir daí comece tirando o que acredita ser supérfluo e guardando esse excedente. Ao final de mais um mês, perceberá que “apertando” um pouquinho, será mais fácil começar seu planejamento.
Relacionados
Aplicativos de relacionamento – temos crenças limitantes?

Qual será essa insegurança que bate quando pensamos em entrar em um? Pode ser que não estejamos prontas ou que Leia mais

Identidade

Porque ao longo desses dois anos construímos juntas, por meios dos temas propostos, uma nova identidade. Começando por cuidar da Leia mais

Saiba Mais